Últimas Resenhas

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Resenha - Sob a Redoma - Stephen King

Título: Sob a Redoma
Autora: Stephen King
ISBN: 9788581051130
Editora: Suma De Letras
Ano: 2012
Páginas: 960

'' Em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando — ou se — ela irá desaparecer.
Os moradores de Chester’s Mill percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem, aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma e a situação fica ainda mais grave quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James “Big Jim” Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como um meio de dominar a cidade.''

Quotes:



"Torcer pelo melhor, se preparar para o pior."

"- Olha! - disse Twitch, apontando. - Helicóptero da TV! Vamos aparecer no noticiário das seis, Grande Rusty! Paramédicos heróicos lutam para...
Mas foi aí que o voo da imaginação de Dougie Twitchell terminou. À frente deles - no local do acidente, presumiu Rusty - o helicóptero deu uma ré súbita. Por um momento, deu para ler o número 13 pintado do lado e ver o olho do logotipo da CBS. Depois ele explodiu, fazendo chover fogo do céu sem nuvens do início da tarde.
Twitch gritou:
- Jesus, me desculpa! Não era a sério! - E então, como criança, fazendo doer o coração de Rusty mesmo com o choque: - Retiro tudo!


"É nessa hora que temos que baixar o sarrafo. Você pode não gostar, eu posso não gostar, mas a liberdade pessoal vai ter que dar uma voltinha até isso acabar."

"No mundo maior, ganharia mais dinheiro, mas a riqueza era a cerveja da vida. O poder era o champanhe."

"- Srta. Shumway...
- Ah, por que não me chama de Julia? Já somos praticamente velhos amigos.
- Ta bem. Você é Julia e eu sou JC.
- Vamos tentar não confundir você com aquele que andou sobre as águas."

"-Estou vendo que você não teve uma família religiosa - disse Linda.
- Tive sim. Adorávamos a Santíssima Trindade: Papai Noel, o Coelhido da Páscoa e a Fada dos Dentes. E você?"

"A parte de cima do corpo sai pelo para-brisa, espirrando intestinos como serpentinas, e se esborracha na Redoma como uma barata suculenta."


Minha Opinião:

Esse foi o maior livro que eu já li, e o que mais me chamou atenção, nessa postagem, vou falar os pontos que mais me chamaram atenção.
O livro é maravilhoso, apesar, que não me surpreendeu com o final, tirando isso, foi perfeito! Stephen King te prende do inicio ao fim, é impossível largar sem terminar de ler, e mesmo sendo imenso, não me deixou em momento algum cansada da estória. A obra é diferente de tudo que eu já li, e eu me senti presa a redoma juntamente aos habitantes da pequena Chester’s Mill.
Os fatos que mais chamam atenção durante a leitura é as ações dos personagens, sem falar na quantidade de personagens. Mesmo com uma quantidade enorme de personagens, o autor, elaborou muito bem cada um deles ( apesar de que quase sempre eles eram vistos com um todo), a maioria dos personagens ‘’não tem passado’’ pois o que realmente importa são as ações deles dentro da Redoma. Existe sim os personagens principais, que na minha humilde opinião são:
Essa informação está disponível nas primeiras páginas do ebook que tive acesso. Afirmo que todos os personagens tem importância na estória (sozinhos ou como um todo) mas os principais são Chester’s Mill e a Redoma.

O primeiro capitulo, começa como uma manhã qualquer naquela pequena cidade, nós leitores, observamos um avião passando no céu, um homem indo em uma direção e a marmota indo em uma direção contraria. Isso muda em questões de segundos, quando o andarilho ver a marmota sendo partida ao meio e o avião colidindo com um grande ‘’nada’’. O homem é Dale Barbara, mas podemos chamar de Barbie, ele é\era o cozinheiro do Rosa Mosqueta um pequeno restaurante local. Barbie estava deixando Chester’s  Mill para trás pois aparentemente havia entrado em uma briga com alguns jovens que achavam que mandavam na cidade  ( Putz! Como mandavam!). Apesar de muito assustado, ele decide ir olhar mais perto e logo descobre que a cidade está coberta por um misterioso campo invisível que isolou toda cidade do mundo, os habitantes que ficaram do lado de fora, foram terrivelmente separados de seus parentes que ficaram presos na Redoma. Porém, terrível de verdade foi para quem ficou do lado de dentro. A data que a Redoma caiu no dia 21 de Outubro.
Claudette estava com o seu instrutor Chuck Thompson quando o Seneca V atingiu a barreira invisível e explodiu. Ela era a esposa de Andy Sanders, primeiro vereador da cidade. Andy na verdade nunca mandou em nada, na realidade o verdadeiro líder é Jim Rennie ou Big Jim.
Big Jim é viuvo e se diz temente a Deus, bastante rico e em sua opinião a Redoma foi um presente divino. Como um ''bom'' filho Junior tenta seguir os passos do seu pai, melhor falando, é outro cretino. Após abandonar a faculdade Junior resolve voltar para Chester's Mill, porém desde que chegou vem tendo enxaquecas. Durante uma dessas enxaquecas, resolveu ir tirar a limpo a historia de sua briga com Barbie com Angie McCain, como seria bom se a Redoma não tivesse caído.
Vamos conhecer Andrea Grinnel, a terceira vereadora, que até poderia ter voz, porém, é viciada em OxyContin, remédio que o Dr. Haskell receitou após sua queda no gelo.
Howard ''Duke'' Perkins é o chefe de policia da cidade que tem coragem suficiente para ir contra Big Jim (não que isso seja uma boa ideia).
Peter Randolph é o chefe assistente, péssimo em pensar, mas, brilhante ao obedecer, em outras palavras, pau mandando do Big Jim também.
Rusty Everett é auxiliar medico, casado com até então guarda de trânsito, Linda Everett e pai de duas menininhas, carinhosamente chamadas de Jotinhas.
Julia Shumway é a proprietária do único jornal da cidade, que faz de tudo para abrir os olhos da cidade contra Big Jim.
A Redoma bota em questão todo caráter da cidade, os habitantes tem ações terríveis e Big Jim aproveita a Redoma para obter total controle sobre a cidade, enquanto, Barbie é reincorporado no Exercito pelo próprio Presidente e promovido a Coronel.

Bem, eu acho que já dei informações até demais sobre o livro. A personalidade dos personagens muda muito rápido, já que o que manda agora é o instinto de sobrevivência de cada um deles. O ponto forte é a reação humana diante da crise. Uma cidade pequena, com habitantes até então normais, se tornou um inferno, dentro de poucas horas.

A narrativa muda bastante, as vezes é em 1° Pessoa, outras vezes em 3° Pessoa. O narrador em alguns momentos é algum personagem, em outros é apenas observador. Em alguns momentos a estória é vista em diferentes pontos de vistas, algo que no livro é chamado de '' A Magia da Narração''. O que mais me impressiona é que o autor conseguiu manter uma linha de raciocínio impressionante, mesmo diante dessas constantes mudanças na narração, na verdade o livro ganha até mais pontos por isso, já que dessa forma, é possível observar a obra como um todo. Até a marmota que foi citada acima, narra sua participação kkkk
Outro fato espetacular é que o livro não é sobre as pessoas lutando para tirar a Redoma dali, elas simplesmente aceitaram a situação e começaram a lutar entre si, a Redoma só está lá e eles são míseros ratinhos de laboratórios.

Stephen King, não tem um pingo de dor em matar personagens, e as mortes são brutais e com detalhes suficientes para aterrorizar, eu parava de ler e começava querer chorar, mas o livro é muito perfeito para simplesmente parar de ler. Em alguns momentos eu queria matar o Big Jim, alguns não, em todos! Descobri minha parte psicopata enquanto pensava nas varias maneiras de matar ele. E o que mais irritava era que tudo dava certo para ele e como ele era muitoooo inteligente, ele se cercou de idiotas, assim obteve o poder. Outra coisa é de como eu sofri bastante quando nada dava certo para os personagens que eu torcia.

O livro não tem romance, a menos, que você considere o amor de Big Jim por seu poder. Porém, isso não faz falta no livro, já que seria meio chato um romance em uma narrativa tão intensa como a do livro, um casalzinho andando de mãos dadas seria nada com nada. Quem pensaria somente em amor, quando se está isolado do mundo e vivendo um inferno? Eu não!

Como já citei no inicio, o final não me surpreendeu, acho que isso acontece pelo fato de que o livro dá vários spoilers do final. Não que isso seja um ponto negativo, na realidade, é muito instigante, te faz se aprofundar mais ainda na estória. Cada parte do enredo é pensada para que o leitor se sinta parte da Redoma. King é realmente um rei!

O livro não é de terror, mas quando observamos a capacidade que o homem tem de se corromper e fazer atrocidades em busca de seu bem estar, ficamos aterrorizados.
O livro é......fico até sem palavras para dizer de tão magnifico que é. Só posso dizer que é um livro que precisa ser lido! Sem preguiça em 2017 pessoal!

 




Ps. Ando sumida, por conta da minha internet, mas vou por todas as postagens em dias!


14 comentários:

  1. Sou fã do King, mas infelizmente ainda não tive tempo de conferir essa obra. Parece ser realmente excelente.
    Pretendo lê-la agora em 2017.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores, dividindo 4 livros.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei louca por esse livro, ele está na minha estante virtual para ler <3 as vezes fico imaginando se a história fosse real e acontecesse aqui comigo. Dá um medo!!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
  3. Menina, primeiramente parabenizo você por ter lido esse livro com mais de 900 páginas. A resenha tá super completa, ficou demais. Eu já assisti a série de TV desse livro, tenho muita curiosidade em ler a obra, no entanto eu acabo desanimando com o número de páginas, de qualquer maneira a sua análise do livro está muito bem escrita. Forte abraço Loysla!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Nunca li nada de King, eu comecei a ler A Espera de Um Milagre quando era adolescente, mas, o filme tinha sido lançado há pouco tempo e me emprestaram o filme... Quase morri de chorar e nem quis terminar de ler, rs!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  5. Estou admirada com a sua coragem, esse livro é enoooorme hahaha. Assisti à série e nossa, achei muito ruim, fiquei até com medo de ler o livro. Se bem que não podemos julgar o livro pelo filme/série né?
    Do autor eu tenho aqui It, mas ainda não li justamente por ser enorme, tenho medo de não gostar do estilo de escrita.
    Mas anotei sua dica, caso leia algo do King e goste, Sob a Redoma vai para a lista :)

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  6. Oi! Parabéns pela resenha, infelizmente não me arrisco a ler os livros dele, ao menos por enquanto. Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  7. Eu comprei esse livro tem uns três anos, mas não terminei de ler.
    Eu acompanhava a série, mas abandonei na última temporada.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Olá, Loysla.
    Eu li esse livro logo que lançou e gostei bastante. Eu esperava um final parecido, mas torci para que não fosse o que eu estava pensando porque já tem finais como esse por ai. Infelizmente foi isso mesmo. Mas é um ótimo livro. Já a série de tv fugiu completamente do livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Sob a Redoma parece ser um livro incrível de acordo com a sua resenha Loysla, eu estou com vontade de ler, mas fala sério 960 páginas? Dá preguiça... Mas até mesmo a marmota vai ter narrativa nesse livro... Eu decidi que quero ler basicamente, por causa da marmota... Amei a resenha e estou morrendo de vontade de ler... Quem sabe não bate aquele momento em que eu vou ler esse livro...

    Beijos!
    http://para-sempre-leitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Sou fã de King e já li Sob a Redoma. A obra é genial e, apesar de imensa, não cansa ser lida. Além desse, li outro bitelão dele: It, a Coisa, que também não me cansou em nenhum momento. King, gênio!
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Loysla!
    Amei a resenha... Nunca li nada de Stephen King, mas pretendo. Pensei em ler primeiro It-A coisa, mas depois dessa resenha, ele vai ser o segundo hahah
    Parabéns!
    Beijos, Lorena

    amochilaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. QUE RESENHA MARAVILHOSA! Quero muito ler livros desse autor que falam tão bem! Me sinto curiosa em como ele consegue satisfazer pessoas de gostos tão diferentes. Incrível! Amei o post :)

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  13. Oi Loysla! King é o mestre, né? Não conhecia o livro, mas imagino que seja uma história que prende mesmo! Big Jim parece ser um ótimo personagem! Fiquei curiosa com a obra!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. Olá Loysla!
    Eu não tive boas experiencias com os livros do Stephen King... Penso em dar uma chance futuramente, mas como vc mesma disse... A maioria dos livros deles são enormes. E quando chega no final as vezes é ruim. O que li foi assim. Fiquei muito curiosa com a premissa desse, espero que possam fazer um filme do livro. Assim com certeza eu veria mais rápido.
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir

Leia aqui antes de comentar <3
1. Sem palavrões ou palavras de baixo calão
2. Seja educado se quer ser respondido com educação
3. Sigo os blogs que eu acho legais
4. Não discuto sobre religião, time, e outros
5. Coloque o link do seu blog no final do comentário, pois sempre visito e retribuo os comentários
6. Se for comentar em Anônimo, por favor, coloque seu nome no final
Obrigada pela atenção, espero que tenha gostado do blog e volte sempre!
Loysla :)